Novela

Do it. “novella”, do lat. “nova”, novidade. Termo que designa, na generalidade, um relato ficcional, de dimensão média, entre o conto e o romance. No entanto, também se considera uma novela de curta dimensão e, no extremo oposto, confunde-se o romance com a novela. Além da dimensão, outras características são específicas da novela: uma intriga menos complexa do que o romance; uma estratégia narrativa e discursiva mais directa, com poucos ou nenhuns episódios dispersivos e autónomos; maior vivacidade rítmica e sintáctica; menos estudo psicológico das personagens, intenção mais explícita do autor. (…) A classificação de W. Kayser da novela/romance em três categorias permite-nos distinguir vários tipos de novela/romances: de aventuras, de viagem, policial, de espionagem…; autobiográfica, picaresca, psicológica, sentimental…; pastoril, rural, urbana, social, de costumes… Outras classificações poderão adoptar-se a partir de um critério temático ou de confluência genológica.

 

Capa do livro "A Bruxa do Monte Córdova"Capa do livro "A Viúva do Enforcado"